Educação, Arte e Tecnologia

Três formas de revolução

Primeira entrevista de emprego: dicas de respostas às perguntas mais comuns

Muita gente já passou por isso e talvez não se lembre mais do que este momento representou. Pior é a situação de quem está próximo de um dos momentos de maior ansiedade na carreira profissional: a primeira entrevista de seleção para uma vaga de emprego!

Há pouco o jovem passou por uma dificuldade que lhe parecia instransponível: o Curriculum para alguém totalmente sem experiência. Pois o jovem nem conseguiu respirar e agora chegou o momento (não) esperado: a primeira entrevista. Some à total inexperiência a expectativa própria, dos amigos e dos familiares. Isso sem contar com as dificuldades financeiras ou a vontade de obter independência.

É mister obter preparação para a primeira entrevista. Vamos à uma lista de dicas para as perguntas que provavelmente serão feitas neste momento:

Antes da entrevista

Procure o máximo de informações sobre a empresa e sobre o cargo que você almeja. Ensaie a entrevista. Vista-se adequadamente e chegue com alguns minutos de antecendência.

Fale sobre si

Treine para esta pergunta infalível. Seja sucinto, não se estenda por mais de uns poucos (pouquíssimos) minutos. Valorize seus potenciais e qualidades, sem parecer arrogante. As pessoas próximas podem dar dicas valiosas falando sobre como veem você. Uma outra forma de fazer esta pergunta é indagando-o sobre porque você deve ser o escolhido para esta vaga. Se você é jovem, o entrevistador terá uma preocupação: saber se você tem um bom grau de maturidade. Portanto, demonstre ponderação e prudência.

Quais são seus anseios e desejos? O que procura neste emprego?

Lembre-se que a empresa está tentando ver se você é compatível com o que ela procura. Ela não está procurando pessoas que querem “se dar bem” ou “ganhar muito dinheiro”, simplesmente. A empresa procura pessoas dispostas a “vencer desafios”, “aprimorar conhecimentos” ou “trabalhar em equipe”. Lembre-se que a empresa valoriza quem tem objetivos profissionais e pessoais bem definidos.

Quais são suas qualidades?

Seu entrevistador está procurando alguém adequado para a empresa e para o cargo. Ele quer ouvir que você seja proativo, criativo, dedicado, competente, voltado a resultados ou algo assim. E lembre-se de não parecer arrogante ao falar sobre suas qualidades. Se possível, ilustre esta resposta com algo como “toda minha família diz …”

E seus defeitos?

Sinceramente, esta é uma pergunta em desuso. Os entrevistadores já sabem que o candidato irá buscar uma característica positiva e tentar exagerá-la para falar algo como “sou perfeccionista” ou “sou exageradamente auto-crítico”. Se, ainda assim, a pergunta for feita, siga o conselho do Efetividade: diga que não lembra-se de nada que possa afetar seu desempenho no cargo desejado e cite algo nesta linha.

Porque você escolheu esta empresa?

O que o entrevistador deseja é saber se você sabe como a empresa se posiciona no mercado e porque você acredita que seu perfil é capaz de ser útil para a empresa. Demonstre admirar a empresa que está lhe entrevistando em algum aspecto.

Diga-me como você lidou com alguma situação difícil

Você deve ter dito em algum momento que procura “desafios profissionais”. Ou mesmo que não tenha dito, seu entrevistador quer saber se você tem capacidade de lidar com desafios. Procure lembrar-se de alguma situação que você tenha tratado com habilidade, sensatez e que tenha tido um bom desfecho. Sintetize esta situação e ensaie como contá-la. Uma variação comum desta pergunta é algo como “Você é capaz de trabalhar sob pressão e com prazos curtos?”.

Quais são seus hobbies?

Então o entrevistador está interessado em suas áreas paralelas de interesse e em sua vida pessoal, não é? Esqueça! Ele quer saber como você gerencia seu tempo livre, como utiliza isto para seu desenvolvimento pessoal e para melhorar seus relacionamentos. Pense nisso! É possível que o entrevistador procure obter estes aspectos perguntando sobre o que lhe dá mais prazer e satisfação.

Qual foi o último livro que você leu?

Às vezes ele pode perguntar sobre o último filme visto. Não minta, pois é fácil fazer você ser encurralado em uma cilada. Prepare-se realmente lendo ou vendo algo que pode ser considerado positivo. E é claro que o entrevistador espera algo melhor do que o último livro da série do Capitão Cueca. E sua resposta deve ser coerente com o resto do seu discurso. Procure os best-sellers recentes (não de ficção, por favor) e as críticas de filmes. Hoje em dia seriam consideradas como boas respostas um livro como “A Cabeça de Steve Jobs” ou o filme “Quero Ser um Milionário”. Acostume-se a discutir os filmes e livros, pois a pergunta seguinte será algo como “E o que você achou” ou “Qual foi a mensagem deste livro (ou filme)?”.

Você tem alguma questão?

Esta é a hora de demonstrar interesse. Tente fazer alguma pergunta inteligente sobre a posição da empresa no mercado, sobre a relação do ocupante do cargo com a empresa ou algo assim.

Quais são suas pretensões salariais?

Adie ao máximo esta pergunta, mas uma vez defrontado com esta questão seja objetivo. Demonstre que você pesquisou a média salarial para o cargo em empresas do mesmo porte à da entrevista. E não se atreva a relacionar suas pretensões com suas necessidades, certo?

Algumas observações

  • Não minta. Se tiver dúvidas sobre isto, lembre-se do seguinte: “não minta”.
  • Ouça seu entrevistador com atenção. Não se esqueça do nome dele durante a entrevista.
  • Cumprimente-o de pé e com um aperto de mão firme. Firme! E apenas isso! Você não quer interromper a entrevista para que seu interlocutor vá visitar o ortopedista.
  • Apesar de ensaiar a entrevista, não responda mecanicamente ou imediatamente às perguntas feitas. Demonstre estar pensando sobre a questão.
  • A entrevista é uma conversa, não a monopolize. Muito menos permita tornar-se platéia.
  • Procure um tom de voz equilibrado. Não grite e nem sussurre. Pronuncie todas as palavras e termine todas as frases.
  • Seja positivo, não comece com reclamações e lamúrias. Mas nada de excesso de otimismo, seja realista.
  • Não responda laconicamente, ilustre suas respostas. Mas raramente você deve falar mais do que um minuto em cada resposta.
  • Apague as gírias de sua vida, ao menos durante a entrevista. E não faça piadas.
  • Se perceber que cometeu alguma gafe, reverta isto a seu favor: desculpe-se e corrija-se.
  • Seu entrevistador deve admirar sua intenção em equilibrar os compromissos profissionais com sua evolução. Demonstre que você não quer prejudicar sua carreira, mas que a escola ou faculdade também precisa de sua atenção. Em especial se seus estudos forem relacionados com a empresa ou com o cargo almejado.
  • Não se esqueça de ler minhas dicas para o primeiro emprego.
  • Seu corpo fala por você. Às vezes à favor, outras contra. Em breve falaremos sobre qual deve ser sua postura na entrevista de emprego.

Encerrando

Para concluir sua preparação, vejamos o diz Max Gehringer sobre este assunto:

E para relaxar: lembre-se que uma entrevista nada mais é do que uma oportunidade para ver se a empresa, o cargo e você são compatíveis. Não trata-se de uma sessão de torturas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments

  1. Primeira entrevista de emprego dicas de respostas as perguntas mais comuns.. Keen :)

  2. Gabriel says:

    minha entrevistadora quer o meu coeficiente de rendimento, como devo levá-lo, escrito num papel ou imprimido?

    1. cidandra says:

      O que você quer dizer por “coeficiente de rendimento”?